segunda-feira, 13 de março de 2017

TIA NEIVA-CARTAS ABERTAS

Resultado de imagem para tia neiva cartas abertas

Cartas Abertas

As Cartas Abertas, numeradas por Koatay 108, foram sete. Algumas coleções ainda acrescentam as cartas datadas de 4 e 28.10.77 como se fossem as de números 8 e 9, e a de 24.6.77 como a de número 10. Como não foram numeradas por Tia Neiva, não devemos considerá-las no ciclo das Cartas Abertas.Todavia, para ilustrar este tópico, acrescentamos os três textos, apenas com a indicação das datas.

CARTA ABERTA Nº. 1
MEU FILHO JAGUAR, 
 Todos nós temos um SOL INTERIOR que, pela força de seu pensamento, tem como medida o grau de evolução. Este Sol deve ser desenvolvido, sempre com o objetivo de favorecer o bem acima de tudo, na lei de auxílio, completando sempre o ciclo iniciático nos três reinos desta natureza. Primeiro, procurar o equilíbrio físico moral, individualizando-se em perfeita sintonia em Deus, para que a força da inteligência se torne perceptível por sua expressão vibratória.
 Além desta vibração, saber movimentar os poderes do seu SOL INTERIOR. Meu filho, são fáceis os contatos físico nos planos físicos quando não temos muita terra no coração. Porém, com o coração pesado só encontramos a dor, a angústia do espírito conturbado pela subdivisão dos três sistemas do seu REINO CORONÁRIO, porque tua ALMA DIVINA exige o teu bom comportamento. 
Quando assumimos o compromisso de embarcar nesta viagem viemos equipados do bem, assumimos o compromisso para o reajuste de um débito, o qual não somos obrigados a assumir. Porém, tão logo chegamos, pagamos centil por centil o que prometemos. 
Tenha esta cartinha como um despertar da MÃE EM CRISTO! 
(TIA NEIVA, 4.9.77).

CARTA ABERTA Nº. 2  
SALVE DEUS! MEU FILHO JAGUAR: 
Na Doutrina Espírita a fé representa o dever de raciocinar com a responsabilidade de viver, porém com amor no equilíbrio do seu SOL INTERIOR. Sim, meu filho! O SOL, a nossa vida por Deus constituída. Porque o SOL INTERIOR é formado pelos três PLEXOS no REINO CORONÁRIO. Sendo corpo físico, devemos estar sempre compreendendo os nossos instintos da carne, do reino físico. No PLEXO ETÉRICO ou  PERISPÍRITO, a nossa ALMA ou MICRO-PLEXO, quando bem sintonizada, se desprende do corpo e parte em busca dos nossos desejos. Se estamos em perfeita sintonia em Deus ela vai até o CÓSMICO, nos traz força e energia, formando o nosso SOL INTERIOR. Tudo dependerá de nós sabermos harmonizar estes três reinos de nossa natureza: AMOR, HUMILDADE E TOLERÂNCIA. 
A nossa responsabilidade é grande demais pelo compromisso que assumimos nos planos espirituais para sermos o socorro final nesta nova era. Meu filho! Faremos de nossa missão o nosso sacerdócio. Jamais irei exigir, nos vossos aparelhos, os anjos do céu, porém, irei sempre às matas frondosas do XINGU em busca das mais puras energias para o conforto e harmonia da cura do corpo e do espírito e desenvolvimento material de vossas vidas. Força do XINGU, FORÇA VITAL, EXTRA CÓSMICA. A LEI FÍSICA QUE NOS CHAMA Á RAZÃO É A MESMA QUE NOS CONDUZ A DEUS! Não somos políticos, porém, temos como obrigação obedecer às leis, cumprir com dignidade o que nos rege os nossos governantes de nossa nação. Não vos considero como tradicionais espíritas das mesas de Kardec, ou dos luminosos terreiros. Concebo-vos preparados, MAGOS DO EVANGELHO, no limiar do III Milênio. Existe uma outra natureza, que está além da manifestação habitual que conhecemos, que só mesmo as heranças transcendentais nos levarão a vidas além carma. 
A MÃE EM CRISTO 
(TIA NEIVA, 11.9.77)

CARTA ABERTA Nº. 3 
SALVE DEUS! MEU FILHO JAGUAR: 
Vamos hoje individualizar nossa posição na Terra, esclarecendo-nos de tudo que nos faz sofrer. Esta minha mensagem precisa ser ouvida na INDIVIDUALIDADE, sem o turbilhão da tarefa de cada dia porque a paisagem que nos cerca muitas vezes nos envolve, desperdiçando energia, pois o Espírito na Terra está sempre indeciso entre as solicitações de duas potências: SENTIMENTO E RAZÃO. 
Para terminar este conflito é preciso que a luz se faça em nós. Sabemos que a ALMA se revela por seu pensamento e, também, pelos seus atos. Porém, nem por isso, devemos nos escravizar. Jesus nos coloca como discípulos ao alcance dos MESTRES. 
Veja, filho, já estava começando a clarear na Terra e eu me enchia de cuidados pelo meu corpo, que ainda estava na cama. Então ia me despedindo de AMANTO, quando PAI JOAQUIM DAS ALMAS me chamou, dizendo que ainda teria muito a ver. 
Realmente, tive a maior surpresa, seguindo PAI JOAQUIM DAS ALMAS. Cheguei a pequena mansão e fiquei observando um belo casal, já vestidos de uniforme. Viram-me de longe e exclamaram, de uma só vez, em harmonia comigo: 
“Salve Deus, Tia Neiva! Vamos à Mansão?”
 “ Sim!” 
Completamente desconhecida para mim, uma linda moça, vestida num longo vestido rosa, marcando 1930, tocava uma harmônica. Com a minha chegada, virou-se para mim como se me conhecesse. Fui pronunciar o nome do médium. Pai Joaquim não deixou. Então, eu me obstinei em dizer apenas: 
“Mora aqui?” 
“Oh, Tia Neiva, eu e Angélica estamos completando nosso tempo!” e completou: “Eu, a senhora já sabe a minha vida: Cada dia se torna mais difícil.” 
Ah! Pensei, entendendo porque a gente se conforta tão facilmente nestes tristes carreiros terrestres. “Sim, minha filha. Angélica e Jerônimo - é como se chama este filho médium - se amam muito, porém estão sentenciados por um crime cometido no Império de Dom Pedro." 
Imaginei Jerônimo com 50 anos, uma família desastrosa. Meu Deus! Se soubesse não se queixaria tanto. 
“É, - completou Pai Joaquim das Almas - justamente a família que ele desajustou nas imediações do ANGICAL.” 
Perguntei pelo casal que encontramos de uniforme e me respondeu que todos nós temos um grande amor, um grande amor na nossa vida, que diz ser a nossa alma gêmea e, na realidade, estão separadas, reajustando o que desajustaram, por amor, e, pela benção de Deus, se encontram e se fortalecem. Triste é quando uma está presa no UMBRAL e a outra na Terra. Não têm o direito de se encontrarem. A angústia e a saudade nos devoram a alma. 
Senti uma tristeza como se aquela despedida fosse eterna. Lembrei-me de Jerônimo me pedindo a benção, do amor de MÃE TILDES, em ficar conosco, se afastando até mesmo de PAI JOÃO. Levantei o meu espírito me lembrando da nossa grande missão. Fui encontrar com AMANTO e um novo mundo se descortinou. Salve Deus! Na Terra, o sol magnífico, outra visão. Sentei-me à mesa para almoçar, quando entrou Jerônimo, que morava aqui em Planaltina. 
“Oh, Tia, a senhora fez o meu trabalho? Sabe, tudo mudou. Amanheci com tanta coragem, deixei a mulher falando e nem me importei Deus lhe pague.” 
Não fiz nada. Recebi apenas uma lição. Sorrimos, como se ele estivesse consciente. 
Jerônimo equilibrou o seu SOL INTERIOR. Quando estamos em paz com a gente mesmo nada nos atinge. Vamos, filhos, equilibrar os três reinos de nossa natureza e pagarmos com amor o que destruímos por não sabermos amar. 
Jesus que tem os meus olhos pela verdade de vosso amor. 
A MÃE EM CRISTO. 
(TIA NEIVA, 25.9.77)

CARTA ABERTA Nº. 4
MEU FILHO JAGUAR, SALVE DEUS! 
Esta carta tem um sentido mais profundo de amor, porque tudo começou de maneira mais original que já senti, vi e ouvi em toda a minha vida. 
Deus fez o homem para viver cem anos neste mundo e ser feliz no livre arbítrio, onde ninguém é de ninguém, na liberdade total da alma que aspira nas afinidades do sentimentalismo; onde o sol e a lua, a chuva e o vento, tão distintamente controlados afetam. 
Assumimos o compromisso de uma encarnação. Juntos partimos não só pelas dívidas em reajustes como também pelos prazeres que este planeta nos oferece. Sim, estando no espaço, devemos na Terra. Sentimo-nos desolados e inseguros, porque estamos ligados pelas vibrações contrárias. E neste exemplo, Jesus nos afirma que só reajustaremos por amor. Tudo começou assim: 
Viajava para uma estação de águas e, na velocidade do carro, uma linda mulher, marcando mais ou menos dois anos de desencarnada, emparelhou ao meu lado e, como se estivéssemos parados, começou a contar a sua vida, que muito me impressionou pela maneira natural: 
Morava ela na cidadezinha por onde eu passara e amava perdidamente o seu esposo Antonê, como ela o chamava. 
“Porém, perdi a segurança e comecei a sofrer e a fazê-lo sofrer. Inimizei com toda a família. Passei a viver num suspense terrível. Se saíamos para uma festa e ele estivesse alegre e feliz eu começava a me torturar e acabava por manifestar qualquer mal, contanto que ele se sentisse infeliz. E, estando triste, eu começava, também, as minhas suspeitas. Olha, como martirizei a vida do meu pobre Antonê. Sim, de toda a família. Não tive filhos, porque filhos me separariam, não dariam tempo de correr atrás do meu marido. Pensava nos conselhos de minha sogra, conselhos tão queridos que me davam mais suspeitas, até que rompi com toda a família." 
Então Antonê começou a mentir-me. Um dia o vi conversando com uma moça que havia sido sua namorada. Fiz um escândalo terrível. Porém, desta vez, ele permaneceu numa atitude afirmativa e eu tive medo. Depois ele disse em tom firme: 
“De hoje em diante, irei todos os dias à casa de minha pobre mãezinha, que você destruiu. Você não me impedirá!” 
Sim, foi como se o mundo tivesse rodado para mim. Ele parecia outro homem. A sua personalidade que eu não conhecia. Desde então, fui perdendo o controle. Já agora, sentia imenso o que havia perdido. Toda a minha arrogância, sem recursos para lutar, pois só temos força quando estamos na Lei de Auxílio, amando ou por missão, porém, não como eu, odiando. Comecei a sentir saudades do que havia perdido. Chegava perto dele e, apesar de sua tristeza, ele sempre me correspondia. 
Pensei em ter um filho, pois era o seu ideal. Fomos ao médico. Este, um velho conhecido, disse, com a intimidade que tínhamos, que um filho não encomendamos quando queremos. E, disse mais, pela minha expansão, falta de controle, eu havia me descontrolado e precisava de tratamento e religião. Saí dali pensando como recuperar o que estava perdido. Propus pedir perdão à minha sogra, porém ele advertiu-me que minhas cunhadas ainda estavam sentidas demais comigo. Não deveria, então, chegar até lá. 
Fiquei isolada, porém, ele sempre meigo e cavalheiro comigo. Realmente me amava, Tínhamos uma fazenda perto dali e ele, todos os dias, ia trabalhar sem a minha vigilância. Fazia dois anos que eu havia me moderado, quando Antonê veio me pedir uma assinatura para vender uma fazenda. “Fazenda? Eu não a conheço. Como você comprou sem me dizer nada? Quem é que mora lá? Quem são as pessoas?” 
“Meu Deus! Não há ninguém!” - afirmava ele. “Vou lá antes de você vender!” 
“Não! Chega! - disse ele - Não suporto mais! E, quer saber? Não quero mais a sua assinatura!“ E foi saindo.
Antenor, o nosso vaqueiro, contou-me tudo o que estava se passando: Emília, a professora e ex-namorada do meu marido, estava lecionando num fazenda vizinha, mas ela não era amante dele. Eles apenas se queixavam de suas infelicidades. 
“Porque se dirige a mim, D. Célia? Eu já vi o Sr. Antonê sair daqui chorando, muitas vezes, dizendo: 
Se eu não amasse tanto a Célia, um dia sairia daqui e não voltaria mais!...” 
“Chega! - gritei - Não quero mais ouvir!” 
Antonê foi embora. Saí correndo até a casa da minha sogra. Porém, Deus não deixou que eu o fizesse sofrer mais: Uma camioneta me atropelou. Levaram-me para o hospital onde vim a falecer. Não falava, porém, via a todos: Minha sogra, meu marido e algumas cunhadas. Meu marido chorava com resignação. O padre veio e deu-me e extrema-unção. Foi só o que me lembrei. 
E, por muitos anos, fiquei a vagar, sempre me lembrando das palavras da extrema-unção: ressuscitar os mortos! Então tinha medo de me afastar do cemitério e perder a oportunidade. Não encontrei nenhum morto que fosse meu conhecido, apenas um ÍNDIO, insistindo para que eu deixasse meu marido, enfim que eu abandonasse o meu mundo, aquela cidade onde era tudo para mim, onde eu ainda tinha esperanças. 
Todos os dias, pela madrugada, um silvo muito grande nos despertava e eu ficava na expectativa da ressurreição. Como seria, se eu não conhecia nada que pudesse acreditar? Porém, a minha mente estava tão habituada a crer nas minhas calúnias. Naturalmente, foi o fenômeno habitual. Este silvo vinha de um lindo homem vestido como um CENTURIÃO ROMANO, acompanhado de uma linda mulher, também romana. Diziam coisas lindas, levavam pessoas com eles, porém, somente eu não me convencia. 
Um dia, chegou um enterro. Pensei: Quem seria? Sete dias depois do enterro, chegou Lazinha, uma mulher que se havia perdido e sempre estava presente. Nós nos vimos e eu quis fugir, como sempre. Ela, porém, falou: 
“Célia! Aqui também? Este é o mundo em que não pode existir orgulho!” E, com o mesmo cinismo, desafiava-me com o olhar. Novamente, começou a contar o que havia sucedido: 
“Antonê viajou. Inácio, seu cunhado, quase matou Zeca, chofer da camioneta que te matou!” Depois, arrematando, disse: 
“Sabe, vou embora daqui. Sim, uma coisa muito falada na cidade: Ninguém foi ao seu enterro!” Sim, pensei - no entanto, no seu Lazinha, foi tanta gente! 
“Ah! - disse ela - graças a Deus! Nunca infernizei a vida de ninguém, nem nunca levantei calúnia a ninguém. Nem mesmo condenei Fulgêncio, que me desonrou. Meus pais me puseram para fora da fazenda. Sofri, porém, não condenei ninguém. Hoje estão arrependidos e eu me saí bem com todos. Agora vou me embora!...” 
“Para onde?” - perguntei. 
Nisto, um ÍNDIO, que se dizia chamar TUCURUY, foi levando-a pela mão. Comecei a gritar: "Ressurreição, ressurreição!... Não há ressurreição! Não para mim, uma cínica como eu! Oh!, meu Deus! Como pude viver acusando e caluniando as pessoas. O que fiz!" 
Nisto, vi ao longe, lá na sepultura, Emília e Antonê, ajoelhados, colocando uma rosa vermelha na sepultura, dizendo algumas palavras. Fiquei onde estava e, pela primeira vez, senti-me aliviada. Emília, a quem tanto caluniei... Logo que saíram, corri para lá e abracei a minha rosa, a última esperança na Terra, pedindo a Deus por Emília e Antonê. 
Nada me levaria à ressurreição. 
"Esta rosa é minha última esperança de um perdão. Se Emília me perdoa, todo mundo me perdoará!" 
Fiquei ali extasiada, não sei por quanto tempo, até que TUCURUY, o mesmo índio que levou Lazinha, me entregou à senhora, Tia Neiva. 
Meus filhos, eu então, me lembrei do que ensino: A MINHA MISSÃO É O MEU SACERDÓCIO. Mesmo naquela viagem de estação de águas eu era a mesma sacerdotisa dos templos. Encaminhei-a com amor. E com o mesmo amor que entreguei meus olhos, que somente Jesus é testemunha, se, por vaidade, eu me afastar um dia. 
CARINHOSAMENTE, A MÃE EM CRISTO. 
(Tia Neiva, 9.10.77)
CARTA ABERTA Nº. 5 
SALVE DEUS! MEU FILHO JAGUAR: 
Filho, mente calma significa personalidade e segurança. A nossa lição exige preservar a fé. O pensamento incessantemente vigilante para não perder o equilíbrio. Lei que, com freqüência, traduzimos por maneiras diferentes, porém em estradas que se encontram no autodomínio em relação à mente. É preciso saber discernir entre o que é importante e o que não é. Não se preocupe, também, pelos diversos pensamentos e não considere desequilíbrio os inúmeros pensamentos ligeiros que nossa alma, quando a vaguear, produz. Não tenho capacidade de fazer uma analogia, porém gostaria que meu filho se sentisse à vontade, sem superstição e sentindo-se como se estivesse em uma imensa nave para uma longa viagem, desfolhando o livro de sua própria história. É a realidade da vida. E, então, quando a história termina fechamos o livro e desembarcamos. Para onde? Poderás me perguntar. E eu te direi que, pelas passagens na tua história, saberás do que te preservarás. Deus nos deu inteligência e o poder, que fala pelas vibrações. Preste atenção na tua história e veja se na lei de auxílio, algo poderás mudar. 
Meu filho, nenhum homem pode ser feliz se estiver rodeado de vibrações e discórdia. As forças vibratórias que vêm aos que estão em harmonia com os poderes superiores, forças de vibrações harmoniosas, são tanto mais fortes transmitidas pela Lei de Auxílio. 
Veja: na maioria das vezes, reclamamos, sentindo-nos injustiçados, só conhecemos quando estamos sendo vibrados, e nem uma só vez nos lembramos de fazer um exame de consciência para ver se não estamos fazendo alguma injustiça. Saiba que o maior desajuste é o julgamento. A preocupação de estar sendo vibrado acaba por vibrar o outro, que nada tendo contra, se isenta, voltando contra ti mesmo. Quantas vezes, eu consulto pessoas que me afirmam estarem sendo vibradas, no entanto, elas mesmas captam as más influências, porque sem qualquer análise vão se jogando contra os que dizem ser os seus inimigos. Ontem, ouvi no CANAL VERMELHO um casal desquitado que tinha oito filhos. Presenciei o triste quadro. Alguém teria que desembarcar... A jovem senhora porque suas vibrações não deixariam seu marido ganhar dinheiro para criar os filhos missionários, que precisavam viver. A cura dos doentes apenas é passageira. Não te preocupes. Preocupa-te somente em preservar a saúde. E esta preservamos com a conduta doutrinária. É considerado falta de honestidade as pessoas que se isentam da culpa que produz a lei de causa e efeito e ficam acusando este ou aquele que, por ventura, passou em sua vida. Este fato está se evidenciando muito na mãe abandonada pelo pai de seu filho. Inverte a linda mensagem: Ser mãe! Não se compenetra, não percebe os prazeres de sua juventude, vê apenas pai e filho como uma arma apontada no peito. Por outro lado, o pai responsabiliza seus insucessos à família abandonada. 
Abandonada, que em casos partem destes conceitos vibracionais ou conceitos estes sobre as vibrações. Eu já estou habituada com esta espécie de consultas: Tia, encontrei esta criancinha abandonada e gostaria que a senhora ficasse com ela. Eu tenho uma filhinha como esta, porém minha mulher é quem cria. Oh, Tia! olhe, também, por ela. Soube que está até passando fome e o meu coração dói com estas coisas! 
Penso: Eu vou internar aquela criança, vou sofrer, vou trabalhar para sustentá-la! Então poderia dizer: Se tinha amor, porque a deixou partir? Volto ao desequilíbrio das vibrações. Internei a criança, sem nada dizer, pensando: Realmente, eu vim para ensinar e não corrigir o que já está feito. Mudar a filosofia de um homem é o mesmo que ter a pretensão de transformar a natureza. Aquela criança não poderia também ser abandonada por mim. O homem e a mulher enciumados, vão deixando morrer os filhos. A guerra não destrói o homem. O que pode destruir o homem é o mais frágil e o mais belo de toda a criação: É o coração de nossa própria mães. 
Filho, amando sem qualquer pretensão, entrego a Jesus os meus olhos para que os tire se, por vaidade, negar este imenso amor. 
A MÃE EM CRISTO.
(TIA NEIVA, 21.10.77)

CARTA ABERTA Nº. 6 
QUERIDO FILHO JAGUAR, SALVE DEUS! 
Meu filho, quis a vontade de Deus que estivéssemos reunidos neste limiar do III MILÊNIO para o equilíbrio e o amor, na luz da DOUTRINA CRÍSTICA, a todos os homens e aos espíritos carentes de esclarecimento. Estamos preparados, cheios de forças e energias, para a execução perfeita desta tarefa doutrinária, para o ajustamento das mentes e a perfeita harmonia do nosso universo. Vamos manter o nosso padrão vibratório elevado e equilibrada a nossa mente, para podermos irradiar a tranqüilidade, a paz e, com o poder de nosso espírito, curar e iluminar a todos. Cultive em seu coração o AMOR, a ALEGRIA e o ENTUSIASMO para que em todas as horas, estejas pronto a emanar e a servir na LEI DO AUXÍLIO.
PAI SETA BRANCA diz sempre que: “a humildade e a perseverança de vossos espíritos conduziram-me ao mais alto pedestal de força básica, que realizou esta corporação”. Mais uma vez, você, com seu esforço, amor e humildade encheu de mais alegria o coração de nosso Pai tão querido. Meu filho, esta CENTÚRIA LUNAR é, para você, mais um degrau em sua marcha evolutiva e mais responsabilidade em sua grande missão de MESTRE nesta Doutrina do Amanhecer. A CENTÚRIA significa, para o mestre Apará, a chave de um PORTAL DE DESINTEGRAÇÃO aos mundos ainda desconhecidos nesta encarnação a vocês. Com esta chave você vai adquirir mil conhecimentos, como eu recebi há vinte anos atrás. Busque sempre em suas origens e heranças, as energias necessárias para cumprir com perfeição sua tarefa cármica e possa sentir-se um homem plenamente realizado, possuindo sempre a paz interior, que é indispensável para que seu SOL INTERIOR possa irradiar e iluminar sua LUZ por todo este Universo. Conheço bem os seus caminhos e peço por vocês em meus trabalhos. 
COM O AMOR DA MÃE EM CRISTO.
(TIA NEIVA, 9.4.78)

CARTA ABERTA Nº. 7
QUERIDO FILHO JAGUAR, SALVE DEUS! 
Meu filho, dias luminosos, de grandes acontecimentos e manifestações estão se aproximando, e nós, a velha tribo espartana, conservando a nossa individualidade, vamos unidos num só pensamento, por este Universo tão perfeito, impregnando o amor, a fé e a humildade de espírito em todos os instantes. Somos MAGOS DO EVANGELHO e, como espadas luminosas, vamos transformando e ensinando, com nossa força e conhecimento aqueles que necessitam de esclarecimento. É somente pela força do JAGUAR, nesta DOUTRINA DO AMANHECER, e na dedicação constante de nossas vidas por amor, que podemos manipular as energias e transformar o ódio, a calúnia e a inveja, em amor e humildade, nos corações que, doentes de espíritos, permanecem no erro. Quantos se perdem por falta de CONHECIMENTO e por não terem a lei. Nós temos a nossa Lei! Nós temos a nossa Lei, que é o amor e o espírito da verdade. Vamos amar e na simplicidade de nosso coração, distribuir tudo o que recebemos na Lei do Auxílio aos nossos semelhantes. 
Somente a vontade de Deus nos tem permitido afirmações tão claras, nesta passagem para o Terceiro Milênio. Somos um povo esclarecido e temos em nosso íntimo o amor e o espírito da verdade. Temos o poder em nossas mãos e assumimos o compromisso de fazer de nossa missão o nosso SACERDÓCIO, pleno de amor. O pão que alimenta os nossos espíritos e nos a vida é a FORÇA DOUTRINÁRIA. Temos o poder mas, para sermos úteis e eficientes, é preciso que tenhamos equilibrada e firme a nossa mente e cultivemos a humildade. Vamos levar mais a sério o nosso compromisso e busquemos sempre em nossas origens e em nossas heranças a energia e a segurança para que possamos seguir com perfeição a trajetória que escolhemos quando assumimos vir a este planeta para redimir as nossas culpas e débitos contraídos em outras encarnações. Vou sempre em XINGU, em busca das mais puras energias para o conforto e harmonia, a cura do corpo e do espírito e desenvolvimento de vossas vidas materiais. Força de XINGU é FORÇA VITAL
Meu filho, vamos elevar a nossa mente a Jesus, para que as nossas vibrações cheguem constantes ao Oráculo de Simiromba, emitindo e irradiando o amor. Que a conduta doutrinária e a conduta de sua vida de caminheiro seja perfeita para que possa equilibrar os três reinos de seu CENTRO CORONÁRIO e seu SOL INTERIOR possa irradiar sua luz bendita. O homem equilibrado é a presença divina na Terra, realizando, com sua MENTE SÁBIA, uma constante conjunção dos dois planos, levando sua vida na simplicidade e disponibilidade a iluminar com o seu trabalho espiritual constante. 
Sinto, a cada instante, as vibrações de cada um de meus filhos e estou sempre procurando aliviar as suas dores. Sei que dores e angústias afligem o seu coração e que pesado é o seu fardo. 
Meu filho, os nossos destinos cármicos têm exigido de nós momentos de grandes sofrimentos, mas confiantes vamos prosseguindo em nossa caminhada, em busca de mais evolução e das realizações que desejamos. É somente pela dedicação, cheia de amor. de nossas vidas, na LEI DO AUXÍLIO,  que conseguiremos aliviar os nossos momentos cármicos. Com o nosso trabalho espiritual podemos nos evoluir e dar tudo de nós. É curando as dores dos nossos irmãos que curamos as nossas dores e sofrimentos. Jesus lhe conceda o entendimento e a sabedoria, para que esta mensagem seja para você um caminho seguro e aumente o seu entusiasmo nesta jornada. Que em todas as horas o seu espírito esteja possuindo sempre a PAZ INTERIOR. 
SEJA ESTA CARTINHA UM DESPERTAR! DA MÃE EM CRISTO. 
(TIA NEIVA, 9.4.78)


CARTA DE 4.10.77 ( Nº. 08)
SALVE DEUS, MEU FILHO JAGUAR! 
Para termos uma compreensão melhor, daremos uma explicação através de cada uma de sua ORBE TERRESTRE e suas particularidades reprovadoras. Fica bem explicado que o ser humano, encarnado ou desencarnado, continua sempre a sofrer alterações em seus REINOS CORONÁRIOS, porque o Espírito não para a sua evolução, modificando e renovando por outros mais apurados, até sofrer novas alterações, para combinar em outros mundos de outras matérias. Devemos saber que a forma de aprimorar-se ou degradar-se é de acordo com a sintonia mental em que nos colocamos, pois somos preparados nos planos espirituais. Viemos cada um preparado ou instruído com a sua lição. Também se colocam os mundos e seus habitantes que, segundo meus conhecimentos, saímos preparados e orientados por eles; por conseguinte, em maior ou menor evolução. Onde estamos, sentimos em Deus esta sintonia, sintonia universal. 
A matéria não organiza, é organizada. Sua função representa senão uma modalidade de ENERGIA ESPARSA. Nossos elementos nos planos físicos chegam a ultrapassar as BARREIRAS DO NÊUTRON, na formação do nosso SISTEMA PLANETÁRIO. As junções ou injunções concentradas de energia do PLEXO FÍSICO em fusão é que resulta o NÊUTRON, que se destina em uma NEBULOSA que, pela força da gravidade, pressionando em todas as periferias para o centro, provocou o movimento circular que, paulatinamente, modificou sua forma: Um sentido mais ou menos ESPIRAL, acompanhando o movimento circular giratório denominado PROTEÇÃO DE DEUS. Denominada CENTRÍPETA E CENTRÍFUGA. Centrípeta tem por sua vez, todas as energias ou fluidos ectoplasmáticos no CENTRO CORONÁRIO. A centrífuga afasta ou emite na horizontal, progressiva condensação, sob o comando do EIXO SOLAR DE NOSSA NATUREZA. Fazendo um mestre um filho, fez a seguinte pergunta: Tia, porque o NÊUTRON? 
Ele não nos atrasa, escondendo os mundos espirituais? Pergunta inteligente, achei. Não haveria sentido o corpo físico, se houvesse uma só visão. Não haveria necessidade do sol, que ajuda esta condensação material. Como seria a vida solar? Com tantas imagens, com tantas visões deformadas dos espíritos em cobrança. Bem coordenada nossa explicação sobre NÊUTRON e todos estes aspectos da doutrina, em suma, o preceito fundamental de Jesus Cristo, que são as Leis Eternas de Deus Pai. A energia viva, o pensamento, desloca-se em força sutil visto através da alma racional. Deus puro, tríplice, ou seja, espírito, alma. Espírito em toda a manifestação universal. A TRINDADE do CRISTIANISMO: PAI, FILHO, ESPÍRITO SANTO ou CHAVES DO VERBO DIVINO. Concebo que a verdade se resume em Deus Único Todo Poderoso, que ao sentirmos sua visão.
 Acalmamos,  a alma e as tempestades que servem para burilar nosso Espírito. Falamos muito de consciência ou peso de consciência. No entanto, é preciso constância, o que mais falta no homem. É também ter a razão do tempo na Terra e no ASTRAL. No inferior psíquico, damos vazão a casualidade, pelos insultos, transformando a mente. E nos infelizes estados alucinatórios, sem saber vai interrogando as margens da esquizofrenia. São freqüentes os fenômenos de vozes, visões, de alucinações, que a própria esquizofrenia produz. Esquizofrenia, efeito da mediunidade. Isto sim, alterações relacionadas com o sistema nervoso. Em relação do mecanismo, são as mais freqüentes, as mais perigosas, nos fenômenos alucinatórios. Nossa alma está cheia de amor, só falta saber empregá-lo. E pensar que o mal progride pela falta do seu emprego. Na progressiva condensação, no governo das leis, esta nebulosa, que nos protege, no momento da rotação aumenta milhões a força centrífuga, com recurso até na LEI DE AUXÍLIO. Nosso êxito ou fracasso, persistência ou fé, com que consagramos mentalmente o objetivo que devemos alcançar, depende unicamente do equilíbrio total de sua consciência. Exponho aqui os fatos consagrados pela natureza. 
Então, a primeira coisa que devemos fazer é guardar os valores, separando as tradições válidas das que são convencionais. A grande parte do valor da tradição vem, justamente, da sua função em Deus. Nêutron não se impregna pela energia. Porém, sofre alteração entre o dia e a noite. Em todas as suas grandezas, há mais uma grande especialidade: A MAGIA NEUTRA OU NATIVA. A defesa do nêutron, que graças ao nêutron é que chegamos até aqui. Se não fosse ele, viveríamos sobressaltados pelas constantes explosões dos átomos e, também, flutuando como pequenos balões. Por exemplo, a magia neutra ou nativa é capaz de engrandecer o trabalho ou precipitar o desastre, dependendo isso daqueles que manejam o magnetismo. Em si, não é bom nem é mal - existe. Dependendo isso de agente nativo neutro, é capaz de gerar o bem ou produzir o mal. Por exemplo, abre-se um trabalho de magia neutra nativa, capaz de produzir correntes magnéticas, porém, assumindo seus perigos. Por exemplo, não aperfeiçoamento da alma, corre os perigos do BAIXO ASTRAL, dos VALES NEGROS, porém nada impede nas leis etéricas contra a realização destes trabalhos, que não passam de correntes ELETROMAGNÉTICAS, sem a luz do NEON. 
Graças ao nêutron, o homem é protegido na sua inconsciência, que controla os princípios magnéticos, porém, sem termos de Lei, que possam burilar a sua alma ou consciência. Para ser mais preciso, o corpo físico é para a alma o próprio lar, que distribui bons exemplos nas mesmas circunstâncias diante deste comportamento mediúnico. Há diferença de quem recebe uma lição raciocinada com o coração e a cabeça. Meu filho Jaguar, tenha na mente que quando sintonizamos no desejo de servir com amor, servimos sempre. Temos algo para oferecer, porém no curso extra-sensorial, contidas em possibilidades virtuais na esfera do pensamento, ninguém espera milagres e sim, os fenômenos produzidos na lei de causa e efeito, na individualidade com temor à criação, sentindo a lógica acima de tudo. Porque acima dos sentimentos há razão. Nada nos impede de subirmos ao cimo da montanha pela velha estrada, porém, para quê? Se temos o roteiro exato da nova. A diferença da velha e da nova estrada é porque temos uma das primeiras coisas que observamos na velha estrada em nosso caminho: As ruínas dos velhos templos. A velha estrada foi pontilhada por mil tribos e dividida durante muitos e muitos séculos. Prosseguindo mais um pouco, nesta viagem chegamos a um longo e puro sentimento, que nos dá razão deste novo caminho, de novas perspectivas, onde desmanchamos o ciclo vicioso, que nos leva à velha estrada. As primeiras coisas que observamos no velho caminho são as ruínas dos velhos templos. 
Meu filho Jaguar, procure sempre a lógica do que vos digo, não raciocine por mim e sim pelo que pode acumular. Do nosso lado esquerdo sentimos a magia magnética animal dançando ou movimentando-se em diferentes mecanismos, oferecendo sacrifício ao corpo humano, esvaziando pesadas cargas de superstição, da insegurança, do medo. A magia neutra nativa acompanha a velha estrada, que construída por experiências, diversas tribos envolveram sacrifícios de bichos, animais do Egito primitivo, nas ofertas aos deuses. Então, meu filho, prosseguindo, cautelosamente, mais um pouco esta viagem, chegaremos a um ponto onde veremos a construção definitiva desta estrada, que consiste dentro de nós mesmos edificada pela Lei do Auxílio do Cristo Único, Jesus Nosso Senhor, lutando contra a pobreza e a doença. Pelo outro lado do caminho, vemos, ainda, outras tribos naturais, realizamos as mesmas cerimônias de superstição e medo. O que me assusta são homens pássaros, com semelhança humana, rápidos, inteligentes, oferecendo a cura, coisas materiais, e ficam revoando até conseguirem o objetivo. 
Deus não trouxe o homem nesta Terra para sofrer ou levá-lo à miséria. Criou-o para ser feliz, dando a inteligência no livre arbítrio. Todavia, apesar de tudo o que o homem já fez contra as leis, se aproveitando dos velhos pergaminhos, buscando o que já deixamos para trás e o que nos fez voltar, segundo as leis de forças que Deus criou. Filhos, o mundo nos faz perguntas e a sociedade nos obriga a responder. As perguntas são transmitidas e aplicadas pelas vibrações. Salve Deus! Entrego meus olhos a Jesus, para que possamos caminhar na nova estrada, para que possamos caminhar na nova estrada, para novas conquistas. 
A Mãe em Cristo. 
(TIA NEIVA - 4.10.77)

CARTA DE 28.10.77 (Nº. 09)
MEU FILHO JAGUAR: 
Sabendo-se que as forças da CABALA são transmitidas por vibrações, vejamos agora, como elas são aplicadas. Tudo o que foi criado emite vibração, quer seja causa orgânica ou não. Quando as vibrações entram em harmonia, corpos mântricos começam a se manifestar e num bailar colorido, sempre formando um grande véu para envolver as forças decrescentes que vão se aninhando no seu objetivo, principalmente quando os herdeiros fazem as suas oferendas. São as normas da MAGIA DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO, que somente se liga quando os mestres entram em harmonia. Custe o que custar, é um trabalho de suma precisão, dependendo do autodomínio em relação à mente. Autodomínio na ação, tolerância e confiança. Estes pontos são tratados com freqüência. Significa muito o domínio do temperamento, principalmente nas entregas. É uma tarefa puramente SANTA, que deve ser encarada como um SACERDÓCIO. É um trabalho entre o bem e o mal. Não admite interferência. É firme como uma rocha, fazendo distinção. Não há reservas; distinguir entre o verdadeiro e o falso, este é o lado de Deus. Vários são os movimentos de um polo a outro da CABALA. Passam linhas de forças que a própria vibração em movimento no sistema de uma complexidade em movimento, completando o ciclo iniciático, no primeiro dos três reinos. Grandes reinos da natureza, onde ascendem o animal e o micro de íntima espécie, micro-organismo, atingindo e renovando as nossas células, no movimento intramolecular, na operação de suas subdivisões de mudança em mudança, de um corpo para outro, evoluindo as partículas de força, atingindo a faculdade do livre arbítrio e assumindo sua total formação. Em todos os movimentos que executa passa de uma esfera para outra, refinando para depois emanar, projetar, emitir e, por último, raciocinar, ritual físico. Feito todo este acervo, CABALA DE ARIANO, podemos, então, nos renovando as invocações e nos seus pontos de partida invocar a RAIZ DESEJADA, como sendo: SIMIROMBA, ARAKEN na linha de SIMIROMBA, ADONES na linha de ARAKEN, ONER na linha de ADONES, ERIDAN, ALUFÃ, AKENATON E DELAN. Estas raízes que formam o nosso SOL INICIÁTICO, trabalham na CABALA DE ARIANO ou no ADJUNTO DE JUREMA. Isto em sintonia individual. Meu filho, tudo o que o homem possui é a sua própria alma, portanto, vamos ilustrá-la. Vamos nos manter unidos, para que a voz de Deus se torne viva entre nós. Meu filho, o fogo chega perto da sombra e não a queima. O teu pensamento acerca dos outros deve ser verdadeiro. Aquele que quiser trilhar a senda, terá que aprender a pensar por si só. As saídas são mais dolorosas do que as entradas. Dolorosa pelo frustramento que as irrealizações nos casos nos produzem. Meus filhos, grandes revelações nos esperam. Quando falamos do que é um conhecimento de cabala é preciso saber até a hora de falarmos no assunto, porque CABALA é uma CIÊNCIA MÍSTICA, que não permite o emprego a homens pretensiosos e vaidosos. No caso, é um desastre. Dizem que o mundo está quase preparado para a grande mensagem. Nunca os poderes tiveram ou encontraram tanto sucesso, e, também, nunca estiveram tão bem próximo do homem. A CABALA precisa de liberdade de agir. É importante dizer: sinto necessidade que imprima na vossa mentalidade a significação da palavra CABALA. No nosso ritual a cabala é o leito das forças decrescentes místicas. Quando falamos das forças da cabala, queremos nos referir às forças dos poderes superiores. Quando falamos dos espíritos da cabala, nos referimos aos espíritos que vivem nos planos superiores de desenvolvimento, como citei acima. OLORUM, força máxima que nos impede de muitos destinos. Cada tema citados acima, terão de viver na ponta da língua, pois muitos em breve seremos solicitados, insistentemente, por todo este mundo, como eu já os respondo. Na nossa DOUTRINA, meu filho, encontrarás o fundamento de todas coisas em detalhes e em melhores condições, não só do instrutor, como de sua própria condição de missionário. Todavia, tudo isto é força brutal e nós somos o filtro, somos nós que refinamos. OLORUM = ORÁCULO = DEUSES DA GUERRA; DO FOGO; DA ÁGUA; DO FERRO. Ponto de partida das três forças universais. IFÃ = MENSAGEIRO DOS ORIXÁS = CAVALHEIRO LIGEIRO ; ORIXÁS = OXAN-BY = DEUSES DA CURA: LANÇA VERMELHA; CHAPANÃ ou LANÇA NEGRA, JUSTIÇA FATAL. SIMIROMBA = DEUSES DO AMOR, na LEI DE CAUSA E EFEITO. Não tem vínculo na linha de CHAPANÃ. Porém, trabalha na LINHA ou junta a LINHA com OXAN-BY = LANÇA VERMELHA, IFÃ, CAVALEIRO LIGEIRO. Sim, meu filho, por aí você já pode ir começando a analisar os aspectos ou seguimento desta RAIZ MILENAR que, segundo as normas de DEUS, se desenvolve, consciente ou não. Vivem a manusear suas forças e sua LEI, se trabalhamos bem ou pelo bem, temos todas estas forças, se trabalharmos errado temos todas estas forças e sua Lei. Se trabalharmos bem ou pelo bem, temos todas estas forças. Se trabalharmos errado temos o ORIXÁ CHAPANÃ, LANÇA NEGRA. Não pretendo fazer aqui o que a Igreja não fez, porém cultivar e fazer renascer e ESPÍRITO DA VERDADE. Confirmar, tão somente, a este respeito qual foi o espírito cujo sincretismo se fez dos iniciados. A CIÊNCIA OCULTA, cuja ciência parou, tal é o estado de endurecimento das consciências. Jamais se viu tanta riqueza e tanta miséria. Vivemos o extremo. O que temos deste conhecimento nos servirá neste e no outro plano. 
A MÃE EM CRISTO, QUE VOS DESEJA SORTE NO ESPÍRITO DA VERDADE. 
(TIA NEIVA - 28.10.77)

Carta Aberta Nº. 10 
Tia Neiva
Salve Deus!
Fui preparada nos Planos Etéricos, na natureza terrestre, porém,somente do Céu me afirmei! Nos fluídos da vida, vão se manifestando, manipulando de modo à adaptação, ou adaptações da época ou dos carmas, das necessidades, os Plexos influenciam o ritmo da vida psíquica, podendo, contudo, haver desolações, modificações funcionais, ação sobre o sistema direto individual, isto é, para cada um que surge é uma solução, uma reação, uma resposta especial que vem do cérebro para o ponto ou Centro Coronário.
Digamos, um homem que tem um Elítrio no braço, só atingirá o Centro Coronário se o mesmo não tiver seu ponto de partida espiritual, seu Deus.
Sim, se o Elítrio é no braço, no braço esquerdo ou direito, digo, o homem recebe as atrações, sofre, porém, em seus gemidos surdos, desse modo o Centro Coronário registra automaticamente a atuação manifestada, fixando as responsabilidades e marcando no próprio homem as conseqüências felizes ou infelizes.
Já disse, ou no campo do destino cármico, trazido irreparável pelos Elítrios, de maneira que a reação ou ação do seu Plexo são duas forças ou dois Poderes distintos.
Se eu afirmo que um Elítrio é um espírito concentrado pelo ódio e que o mesmo é fruto dos nossos desentendimentos, e afirmo as três condições do corpo no Centro Coronário, podemos analisar o homem Elítrio ou o homem nas formas de Elítrio.
É claro que teríamos de ser como somos: Preparados, Seres Angelicais, perfeitos e Divinos.
O fundamental é saber assimilar sempre a força que temos dentro...
Quando a razão te fala, não siga imediato, preste bem atenção nas causas ou projetos, quanto não sentir perfeito ao teu redor, considerando que a razão que te guia é a mesma que te condena, procure se conhecer bem para saberes e sentir, estar só... Só, vibrando, pensando nos seus poderes, só, digo só...
Muitas vezes os nossos impulsos são tirados pela nossa razão. Não somos suficientemente preparados, tudo que expomos terá que ser cuidadosamente examinado, e por nós mesmos. Falamos em consciência!
Para fazer um exame de consciência devemos meditar e devagar, expelindo com a respiração para expulsar os nossos maus fluídos ou energia cármica, e até sentir a nossa Energia Extra Cósmica, que tal energia nos cria, nos evolui, nos pontos vitais eurofísicos. Eurofísico é toda energia impregnada do corpo físico, ritmo da Lei de Auxílio.
Salve Deus! Meus filhos!
É preciso que conheças os Pontos Cardeais do perfeito homem, o seu destino, para melhor conheceres o mais alto Culto da Ciência Mãe, ou Magia Giradora, o teu Aledá, o teu Aladê, desculpem...
O Culto Secreto que é a Cabala de Ariano, conforme já previmos naquele Mundo Iniciático de Pai Zé Pedro e Pai João, que deram o nome de ARIANO, que nos quer dizer Raízes do Céu. Desconhecido, perdeu todo o seu real significado, agora chamado Linha Máter.
Desde a chegada de Cisman de Ireshim, quando tudo foi ocultado, somente... Somente as raças africanas, por seus Sacerdotes Iniciados, guardaram sua origem, seus valores, de pontos principais, de coisas iniciáticas ou iniciaticamente que ainda não vos foi dito.
Porém, ao transcorrer séculos, foram dominados, os seus antepassados que guardavam a Chave Mestra do Trino desapareceu deixando uma porta velada e a outra alterada, onde me perco muitas vezes, a ponto de...
Nas grandes... Nas grandes tarefas da Alta Magia, muitas vezes preciso ainda de Guias, por esta... descuidada dos nossos antepassados, que se perderam inclusive no fetichismo.
O Povo que lhe foi dado... Eis o grande perigo de saber demais as coisas da Alta Magia.
Daí para cá é que tudo cresceu demasiado e descambou também demasiado, também como nós crescemos e hoje precisamos de força, forças alteradas, que somente a Lei de Auxílio não nos satisfaz, não nos satisfaz mais!
Ficou assim formada a Corrente no Astral Africano e foi formada no Brasil, Pai Zé Pedro e Pai João, com a Missão precipitada de agir dentro desse Povo.
Sim, Pai Zé Pedro e Pai João com a Missão precipitada de agir dentro deste Povo Africano sem sair das suas normas, e com muito cuidado, porque as Linhas Africanas veladas alterou, onde foi preciso Pai Zé Pedro e Pai João levantarem o Adjunto de Jurema!
E ainda são os únicos que se pode, que se pode traduzir. É a Lei que coordena no limitado Cósmico: Adjunto de Jurema!
Primeiro vamos qualificar como Culto Africano e todo o Sistema Religioso que os nossos antepassados trouxeram para o Brasil, mesmo com essas alterações feitas por Pai Zé Pedro e Pai João. Eis a exclusão desses Orixás com seus respectivos...
Vou discriminar sete posições ritualísticas para serem usadas nos Trabalhos de Contagem.
Porém, antes de tudo quero que cada filho conheça o seu Centro Coronário em suas formas, em tudo que gera. Temos que patentear os conceitos africanos, porque para seguir as linhas honestamente é preciso conhecer fundamentalmente as Linhas da Ciência do Amanhecer.
Sabemos que isso é um assunto complexo, porém, não podemos fugir desses fenômenos. Sabemos que, por saber que o Apará, no seu... Na sua primeira fase de semi-inconsciência ou incorporação é levado para a Linha Olorum, predominância de Nagô.
Então, como podemos fugir às Linhas, à Ciência Africana? Nagô! Dividimos o Doutrinador e o Apará. Entretanto na sua Linha Mestra que é Olorum, vamos individualizar o Apará na sua semi-inconsciência.
O Apará, não digo qualquer Médium fora do Templo do Amanhecer, o Apará, ele entra na Linha Mestra de Olorum!
Vamos individualizar o Doutrinador e o Apará. Doutrinador Tapir, Apará Olorum quer dizer Espírito de Deus..
A falta de meditação é mais prejudicial ao Apará do que a própria, do que a própria consciência no Médium.
Vejo Médiuns que têm uma consciência, que têm uma consciência...
Ou não têm princípios doutrinários e, no entanto, são magníficas suas incorporações.
Mas se tem uma meditação perfeita e sabe assimilar ou ter honestidade ou respeito às pessoas que necessitam de suas manifestações por intermédio dos Espíritos, a capacidade é máxima!
Muitas vezes vemos coisas, um Médium magnífico, com linhas magníficas, luminosas, incoerente à consciência dele...
Porque o homem que quiser demorar-se nas investigações do seu ego, encontrará para sua descoberta o raciocínio, as convicções, e conclui, pois só chegamos a um acordo quando entramos em harmonia com o nosso Centro Coronário, mesmo não sendo esse Centro Iniciático, em linhas normais, animal.
Vê-se, pois, que a força fundamental predominante do Reino Central Coronário, a força da vida física é a mesma força animal.
As expressões que eu emprego... Vamos penetrar além de muitos conhecimentos teóricos, porém, os nomes, a minha expressão aqui, Salve Deus!
É relativa às minhas dificuldades de exprimir.
Porém, positivamente, em nome de Jesus, por mais que o Ser Humano se eleva para conhecer, por mais que estuda, pouco poderá atingir os fenômenos extra físicos, porém, a extensão infinita do espaço, a mente ou a Clarividência avança até um certo ponto, mas sempre na dependência de valores mediúnicos, de extra evolução, porém, nada se perde, tudo já está criado.
Então a mente do homem segue às vezes pesquisas desconhecidas, mas em algo que já está criado. O homem não tem capacidade fora da Mediunidade, de sua vida, ou desta filosofia espírita, criar...
Porque em meus Olhos de Clarividente, em nome de Nosso Senhor Jesus Cristo, vejo coisas um palmo adiante do nariz de grandes cientistas e que passa despercebido, ele não cria, não conhece, é cego e não vê! Somente as transformações da matéria, a evolução das forças, mesmo assim na combinação, em sintonia.
Sim, as energias extra etéricas nos átomos são cientificamente combinados para formar as células no corpo, compor. Se aninhando no Reino Central Coronário, no Plexo, para um recurso de átomos, existem os Amacês, portais de desintegração, reintegração e integração.
Os pontos são os pontos perigosos mesmo a nós da Corrente, a nós da Corrente nos carreiros terrestres físicos, perigos físicos!
Onde está situada uma Amacê estamos sempre à beira de um abismo, como, por exemplo, no Triângulo das Bermudas, pelos grandes portais atravessam também as nossas necessidades reencarnatórias que é a energia extra etérica.
As Amacês são transitórias, elas são... Elas são guardadas pelos grandes Alufás. São também os nossos Iniciados no Reino Físico, Mestre Sol, Mestre Lua do Amanhecer ou Alufás de Mayanty, na representação dos seus Regentes.
Quando eu falo em átomos, falo em três forças. Átomo é uma força que cientificamente... Sim, vamos repetir: Quando eu falo em átomos, falo em três forças. Átomo é uma força que cientificamente se divide.
Sim. Isto! Continuamos com os mesmos nomes da ciência da Terra: Íon, Cátion, Neutrom. Neutrom, eu conheço como neutrom, pela ciência é Nêutron, mas eu falo como neutrom.
A força utilizando-se da matéria começa a sua evolução na estrutura do átomo, passando depois na composição, formando as células de uma ação construtiva, criando uma nova ordem no constante agregar e desagregar o impulso dos corpos no Centro Coronário.
E, conforme a Conduta Doutrinária, a inteligência da força que desagrega, aumentando a vitalidade com maior vibração de vida, fazendo progredir o seu grau de inteligência, fortalecendo os três corpos, Plexo Físico Vital, Micro Plexo – Alma, Plexo Etérico – Perispírito.
O corpo físico ou Plexo tem por obrigação de emitir vitalidade. O Micro Etérico, o Plexo Físico, o Centro Coronário tem por obrigação alimentar o Reino Central Coronário, que são: Perispírito, Alma e Plexo Vital, que distribui as células vitais que compõem no homem a inteligência, o poder na vida física.
Se o homem se descuida de suas funções físicas vital, também deteriora seu Centro Coronário, descoberto se desliga pelas influências do macro cósmico... Macro cósmico.
O nêutron neutraliza o Físico do Etérico. O nêutron é uma luz, um átomo que separa, neutraliza o Físico do Etérico. Há uma grande dificuldade das materializações, dos fenômenos extra etéricos pela neutralização deste átomo, formando essa grande barreira intransponível da luz solar ao Etérico, dividindo o Segundo Plano do primeiro, onde atinge formas diversas, inclusive fora do Sistema Crístico.
Como Clarividente, agradeço o nêutron essa separação do Físico ao Etérico. Essas formas diversas são... São terríveis, e graças a ele, muitas vezes a minha Clarividência não atinge, ele neutraliza qualquer magnético, qualquer força que eu possa emitir. Sim, fora do Sistema Crístico a vida é horrível, e talvez eu não suportaria tanta dor, tanta anormalidade!
Enquanto o homem não adquirir o pleno conhecimento de si mesmo, nenhuma filosofia alcançará o seu objetivo. A vida, os conhecimentos, são inesgotáveis. Aos poucos quero descrever algo mais que sei. Esse esclarecimento que eu estou lhes trazendo é uma preparação para sentirem e melhor compreenderem as forças dos Sete Raios Iniciáticos que pertencem aos Mestres Sol, ao Mestre Sol desta casa!
Na explanação desta Doutrina encontramos o que desejamos no conhecimento, o que eu afirmo aqui em nome de Nosso Senhor Jesus Cristo, os Lhamas são conscientes, como a Igreja Católica é consciente da Reencarnação!
O Centro Vital é o princípio de tudo e de todos e de todas as coisas, Terra e fora da matéria.
Salve Deus!
Espero uma concentração firme, e continuo à espera de alguma coisa que eu não soube talvez me exprimir, ou me fazer compreender nesta gravação.
Nesse instante agradeço a JESUS tudo o que me confiou, devolvendo-me à Terra com os dotes precisos para esta missão: O Doutrinador!
Salve Deus!

Resultado de imagem para tia neiva

Tia Neiva nos ensinou que o plexo físico é a base principal da recepção e da emissão de energia dos diversos planos e por ele se faz a distribuição das forças aos três plexos de nossa natureza.
Salve Deus!


O Mundo dos Naiades
 Tia Neiva (25/06/1960)

Salve Deus!
Despertei e, ao abrir os olhos, achei-me sentada sobre a relva, à sombra da frondosa árvore onde, evidentemente, havia adormecido.
Comecei a me lembrar que o sol ainda brilhava no poente, quando me destinara a sair do corpo, ou melhor, quando uma força enorme me arrancara do corpo, do meu corpo.
Sem tempo para analisar muito, vi duas lindas moças que chegaram e, sem falar, tinham escrito nas roupas "Marta" e "Efigênia". E, da maneira como eu ia me harmonizando, ia também, dando conta de onde estava.
Estava em outra dimensão, que não a minha. A iluminação era tão diferente e, um pouco triste.
Pensei - Viver aqui seria, realmente, a morte.
- Neiva, ouvi alguém dizer - A atmosfera material está roubando-te a paz. O sol diminui a duração da vida, desde o nascimento até se por. O tempo é chamado: presente, passado e futuro. O que agora é presente, amanhã será passado; e o que agora é futuro, amanhã será presente. Acaba o futuro do corpo. Aqui não pertence à categoria do presente, passado ou futuro, pertence à Eternidade. Por conseguinte, não deves preocupar-te em como alcançar a plataforma da Eternidade. Deves utilizar a consciência desenvolvida de seres humanos, nas proporções animais: comer, dormir, enfim, dando vazão às coisas da Terra, que normalizam o centro nervoso. O homem vive e se alimenta das coisas que Deus criou.
E, respondendo a uma pergunta que pairava no meu pensamento, respondeu:
- O sexo é uma decorrência da criação da natureza dos homens.
- Graças a Deus, estou em outro mundo e, ouço tudo isso, pensei.
- Sim, sem os falsos preconceitos - rematou a voz.
Nisso, apareceram alguns casais em diversas sintonias. Lindos, lindos! É difícil dizer as coisas que faziam. De repente, um som clássico conhecido, encheu de alegria toda aquela paisagem. Alguns dançavam, outros corriam para ser alcançados por seus namorados. Deduzi:
- As almas gêmeas de André Luiz! Salve Deus! - Pensava, já sem as explicações daquela voz.
Contudo, não conseguia sair dali, remoendo, em minha cabeça.
A minha categoria é ainda do passado, presente e futuro... Enquanto estes, a sua categoria é a Eternidade. Será um sonho tudo o que vejo? Será apenas um sonho?
- Não é sonho, disse-me novamente a voz.
- Este é o mundo dos NAIADES! Aqui sentimos o aroma da Terra.
Nisto uma jovem que estava dançando caiu, como que desmaiada.
Meu Deus! – Exclamei: desmaiou.
- Esta moça tem sua alma gêmea segura em outra dimensão, onde ainda há reparações. Temos sete dimensões, até chegar ao CANAL VERMELHO, que é o primeiro degrau Celestial.
A música parou e todos foram em socorro da mulher. Pela primeira vez vi fios dourados seguindo naquele horizonte. E agora?
A voz continuou:
- O felizardo, do outro lado, se libertou.
- E para onde irá?
- Para outra dimensão, dando sempre continuidade à sua evolução. Que coincidência - pensei.
Não, Neiva, a vida não pára. Aqui, o mundo vive a sua própria evolução. Volte para o teu corpo, que já tem muito tempo que saístes.
Voltei. Já estava escuro. Algumas pessoas me perguntaram se eu estava bem.
E essas viagens se amiudaram...
Salve Deus!
Com carinho, a Mãe em Cristo,
TIA NEIVA
Postado por Templo Puemar do Amanhecer


Ensinamentos por Tia Neiva 

Filho, tudo o que estamos fazendo é levar a mensagem do III Milênio por todo este universo, nas indumentárias, no comportamento desta conduta doutrinária...
Dez anos vivemos de amor e luz. Porém, os impactos que a minha clarividência ocasionava não bastavam. Veio, então, a vida iniciática, com suas cores berrantes e seus poderes. E, assim, nos foi proporcionada a oportunidade de exibirmos a obra ao seu autor, junto a povos.
As vibrações foram tomando lugar em toda a Doutrina, nas cores, no Templo e, por fim, na Estrela Candente, essa grandeza que emite, de suas amacês, a energia do Jaguar, para a cura desobsessiva dos cegos, dos mudos e dos incompreendidos. As vibrações aumentaram sem que, por um minuto sequer, saíssemos do Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo, seguindo Jesus em sua caminhada evangélica iniciática, o Caminheiro, sem dor e sem sofrimento, ensinando a cura desobsessiva, colocando os espíritos a caminho de Deus Pai Todo Poderoso.
Não podemos garantir que tudo aqui aconteça, nem que possa acontecer. Porém, acontecerá alguma mudança estrutural e benéfica nos rumos do pensamento humano, abalando os alicerces da cultura ancestral que consolidou a Velha Estrada.
Filho, não interessa, ao Homem, o seu vizinho. Interessa, sim, a função que ele desempenha. É verdade que não podemos separar a obra do seu autor, mas, quando eu daqui partir, dirão: O Doutrinador e a sua Doutrina! Por conseguinte, filho, esqueça essas pequenas preocupações de avaliação social, em termos dos componentes já ativos nesta jornada doutrinária para o III Milénio.
Antes, eu pensava: por que as amacês não aparecem nos grandes centros? Tive a minha resposta: pelo respeito às velhas teorias, pois ainda é cedo para mudar as estruturas.
A vida não perdoa, filho! Morreremos pelos caminhos, se não nos consciencializarmos, se não soubermos, com precisão, aquilo que nos pertence. Ver e viver, antes que os sinais da angústia o obriguem, oferecendo novos olhos e novas perspetivas, complicando, no entendimento de novas ciências, o que é mais simples: amor e Deus – essa verdade eterna!
Por que foi escolhido o Jaguar, o Espírito Espartano, o Cavaleiro Verde, o Cavaleiro Especial? Porque vem de um processo penoso, por sua mente científica, evoluindo na luta através dos séculos, neste mesmo solo... Hoje, sua percepção lhe afirma , filho, que os tempos chegaram e não há mais como desperdiçá-lo com polêmicas.
Vocês têm a sensibilidade do Homem Iniciado, que descansa apesar da grandeza da luta, e é acariciado pela grandiosidade da energia trazida pelo prana, para retirar seu psiquismo particular e responder às perguntas que surgem do fundo de seu coração.
Esse Homem é fácil de encontrar. É grosseiro e sagaz, sim, porque vem das cordilheiras e da península espartana, porém, não suporta ver alguém sofrer, sai, aflito, a socorrer todos... É amável, requintadamente afetuoso, sensível às dificuldades de povos. Sempre estende sua mão forte e corajosa para a missão maior, e seu amor é espontâneo. Caminha sem superstições e sem falsos preconceitos.
Quando é um Jaguar, ama verdadeiramente a Doutrina e a faz seu sacerdócio; acredita na vida e sabe se promover. É boêmio e sua mente é limpa de qualquer crença que não seja autêntica consigo mesmo... Sabe que a última grande iniciação da humanidade ocorreu pela aparente espontaneidade, unificando e aproximando o Homem de sua individualização e que, por todo o universo, o Homem está sendo sacudido no fundo de seu ser, de maneira autêntica e poderosa.
TIA NEIVA





 COMO JESUS E OS MENTORES AGEM EM NOSSAS VIDAS

 CARTA DA TIA NEIVA

Salve Deus Mestres e Ninfas!
Leiam esta cartinha de nossa Mãe e sintam em seu conteúdo o despertar de sua Fé. Ela nos sugere que não precisamos ir até Jesus ou, no nosso caso específico, não precisamos passar nos Tronos, ou em outros trabalhos, e pedir nada para os Mentores via incorporação. Basta pedir com a e o coração despertos, que mesmo sem ir até lá, seu pedido poderá ser atendido.
Nestes momentos difíceis de Transição Planetária, veremos muitos pedidos para Deus, para Jesus, para Anjos e Santos e etc. Muitos desses pedidos serão com fé e resignação, porém, muitos serão por medo e falta de Fé.
Se acreditarmos realmente na grandeza de nossa Doutrina, nada temeremos e teremos ânimo e motivação suficientes para continuar nossa jornada na CURA DESOBSESSIVA, que é o nosso objetivo maior.
Edson Rodrigues-Adj. Valexo.

Salve Deus, meu filho Jaguar!
Qualquer atitude do Homem na faixa vibratória de evolução é válida. Porque somos um mundo onde se confundem sombras e claridade. Todos os males da vida concorrem para o nosso aperfeiçoamento. Sob o efeito de todos estes ensinamentos, pela dor, pela prova e humilhação, nos desprendemos lentamente para a vida eterna.
Vivemos no meio de uma multidão invisível, que assiste silenciosamente à lógica desta nossa Doutrina. Nos dão segurança e nos facilitam a conduta de um mundo para outro. Filhos, quando o Homem aprender a trabalhar harmoniosamente deixará de enganar a si mesmo, se sentindo injustiçado ou aguardando a compaixão sem justiça. Sim, porque é na vida mesmo que se deve procurar os mistérios da morte. A salvação ou a reparação começa aqui, o seu céu ou o seu mundo interior.
Aqui, filho, a virtude é recompensada. Não faça da vida, desta vida, o infernal templo dos teus anseios. As células do nosso corpo agem sempre de acordo com os nossos impulsos nervosos, emitindo do cérebro. Filhos, existe um exército de auxiliares medianeiros entre nós e Deus, procurando velar por nós, embora conheçam o nosso livre arbítrio. Vejamos a oportunidade rica daqueles que vieram na época de Jesus de Nazaré, na qual pensamos... Viveram com Jesus na mesma era e não souberam se evoluir! Porém, toda Jerusalém se preocupava com o grande profeta Jesus. Sim, se falava das curas do grande Jesus de Nazaré, se comentava em volta do leito de Maria.
Maria, uma pequena viúva que tinha uma única filha, Marta. Nisto alguém correndo avisou... Ele está ali perto, Ele faz ressuscitar os mortos. É verdade... Maria estava semimorta sobre o leito e Marta sua filha chorava. Choravam também os demais vizinhos. Quando Marta se levantou, dizendo de uma só vez: “Vou chamá-lo, vou pedir que venha até aqui. Dizem que Ele gosta dos humildes. Vou falar com Ele e trazê-lo! Ele irá curar a minha mãezinha”. E jogando o manto sobre os ombros, se foi até o profeta. Lá chegando, a multidão não a deixou entrar. Marta pedia a Deus que Ele pelo menos olhasse para ela, porém Jesus, atendendo a milhares de pessoas, não reparava nela. Triste e chorosa, Marta saiu dali com o espírito esperançoso e ao mesmo tempo triste, por não ter falado com Ele.
Se pelo menos me visse, pensava... Ó, querido Profeta, olhe esta pequena serva! Porém nada... Ele não volveu o seu olhar para a pequena Marta.
Marta não soube por quanto tempo ficou ali parada. Já escurecia e ela, sem esperança, decidiu voltar para casa. Encontrou em sua casa quase uma multidão. E a sua mãe, que deixara em estado grave de saúde, de cama, estava de pé, com os braços abertos, rindo e chorando, e lhe disse: “Por que filha, não vieste com Ele?”
“Ele quem?” Perguntou Marta. Respondeu-lhe sua mãe: “Jesus de Nazaré, o profeta de Nazaré. Ele me curou! Você não o chamou?” “Sim, eu o chamei!”, respondeu Marta.
“Porque não veio com Ele, filha? Ele é maravilhoso, Ele é a esperança e o amor!”
Marta saiu daquele êxtase e gritou: “Oh! Minha mãezinha, o profeta me ouviu! O profeta me viu e me ouviu! Deus seja louvado!”
“Filha, disse a mãe, vamos aproveitá-lo!”. “Sim mãe, vamos acompanhá-lo.” As duas seguiram aquela multidão.
Mais uma vez, filho Jaguar, Jesus de Nazaré ensinava a vida, a verdadeira vida, que é o amor. Marta aprendeu a sua filosofia e os seus ensinamentos. Não era preciso ir até Ele, o importante era estar em paz com ela mesma e, ao lado dos seus irmãos, foi o paraíso... Marta e sua mãe ajudavam, erguiam os enfermos e os leprosos e os levavam em frente de Jesus e seus apóstolos. E, com Ele, Marta fez a sua iniciação. Porém, sempre repetia: “Como podia pensar que Jesus não me amava?”
Sim, filho, Jesus ama os que precisam... os fracos que confiam nele.
Salve Deus, meu filho Jaguar!
Com carinho, a mãe em Cristo Jesus, Tia Neiva(18/02/82)
Postado por Edson Rodrigues Martins

Entrevista com Tia Neiva

Resultado de imagem para tia neiva

"Meus filhos, muitas vezes suas tolices de pensamentos me atingem em cheio, mesmo com todo este acervo que você tem. Mas o meu amor é tão grande, que mesmo nos mundos por onde ando, mundos eternos, onde as razões se encontram, onde caem os falsos preconceitos, o simples "chorinho" de uma jaguar "mal amado", me desperta aonde quer que eu esteja".
Tia Neiva 27-04-1983).
1- Tia, o que é Deus?
- Deus é natureza! É a verdade viva e absoluta revestida de Luz. Deus é verbo, energia luminosa de ação e reação. Deus é o canto supremo, da Harmonia na expressão mais ampla da Justiça e do Amor. É Ciência, Força e Razão.
2- Tia, o que devemos entender por Corpo, Alma e Espírito?
- Nós sabemos que o Homem é composto de corpo, alma e espírito. O corpo e a alma são instrumentos do espírito. Na verdade, nós separamos todos, pois há uma independência muito grande de cada um. O corpo é uma projeção do espírito, uma vez que é o espírito que fabrica nosso corpo, de acordo com o tipo de carma por ele planejado. Do mesmo modo a alma é projetada segundo o espírito.O espírito é uma certa porção de energia individualizada,c constituindo-se uma parte de Deus, uma partícula divina.
3- Tia, na Doutrina Espírita o que representa a fé?
- Representa o dever de raciocinar com responsabilidade de viver, porém com amor e equilíbrio do seu Sol Interior. A fé é a determinação permanente de pensamentos construtivos.
4- Tia, o que pode nos ser dito sobre a matéria?
- A matéria não organiza, é organizada, sua função representa senão uma modalidade de energia esparsa.
5- Tia, o que é a Missão?
- Tua missão é o teu sacerdócio! Meu filho, existe em cada um de nós uma voz interior que nos alerta sobre o que devemos fazer.
6-Tia, na verdade, o que temos no exercício desta missão?
- Somos a força do Sol e da Luz: somos um povo esclarecido e temos o poder em nossas mãos e assumimos o compromisso de fazer de nossa missão o nosso sacerdócio, pleno de amor. O pão que alimenta nossos espíritos e nos dá a vida, é a força Doutrinária.
7- Tia, como é possível um jaguar assumir a missão para com os outros seres?
- É somente pela força do Jaguar, nesta Doutrina do Amanhecer e na dedicação constante de nossas vidas por amor que podemos manipular as energias e transformar o ódio, a calúnia e a inveja, em amor e humildade, nos corações que doentes de espírito permanecem no erro.
8- Tia, no vale do Amanhecer, o que mais pode se dizer sobre a missão?
-Temos por missão nos tornarmos um instrumento eficiente, tanto no sentido passivo, como ativo, curando nosso próprio centro nervoso físico, afetivo, mental e espiritual. Até tomarmos a verdadeira consciência de nos mesmos.
9-Tia, o que pode nos ensinar sobra a Razão?
- Acima dos sentimentos está a Razão. nada nos impede de subirmos ao cimo da montanha pela Velha Estrada, porém, para quê? Se temos o roteiro exato da nova.
Meu filho
Jaguar, procure sempre a lógica do que vos digo, não raciocine por mim e si pelo que pode acumular.
10- Tia, qual a importância do equilíbrio da consciência?
- Nosso êxito ou fracasso, persistência ou fé, com que consagramos mentalmente o objetivo que devemos alcançar, depende unicamente do equilíbrio total de sua consciência.
11-Tia, pode falar mais um pouquinho sobre essas coisas?
- Meu filho, o fogo chega perto da sombra e não a queima, o teu pensamento acerca dos outros deve ser verdadeiro; aquele que quiser trilhar a senda, terá que aprender a pensar por si só.
12- Tia, o que significa no Vale do Amanhecer o termo "servir"?
- A potência de quem busca servir a seus irmãos não tem limites. O importante é quando saímos para servir. É a única tribo que trabalha fora do corpo. Quando chegamos perto de um espírito desequilibrado , com nossa energia nós o ajudamos. O princípio de todo missionário é o trabalho, é a caridade sofredora, a caridade benigna, aquela caridade que o missionário faz sem leviandade, sem sublimação, às vezes se esquece até de Deus para servir ao seu semelhante.
13- Tia, o que posso entender, sem enganos, por "lei de Auxílio"?
- É a caridade benigna, a caridade sofredora. Filho, na Lei do Auxílio, quando não conhecemos as ciências ocultas, por estar NA LINHA DA CARIDADE, achamos que nada acontece. nem tanto, filho. Juramos uma ciência e nada acontece sem razão. Na Lei do Auxílio é que conseguimos aliviar nossos momentos cármicos. Com nosso trabalho espiritual podemos podemos nos evoluir e dar tudo de nós. É aliviando as dores dos nossos irmãos que curamos nossas dores e sofrimentos.
14- Tia, é necessário que realizemos os Trabalhos em condições superiores às nossas possibilidades?
- O princípio da individualização, que o Pai Seta Branca nos colocou da necessidade de divisão deste trabalho para regularização e aperfeiçoamento da função, rege toda a evolução, sem a qual não há progresso.
Mesmo que você trabalhe desatinadamente, se não tiver regulamento de quem lhe rege, de nada valerá.
15- Tia, fale mais sobre o Trabalho mediúnico.
- Sim, filho, um trabalho bem dirigido na individualidade uma conduta doutrinária, podemos, então, ter certeza do fenômeno da cura ou progresso material na individualidade e na vida física.
16-Tia, desculpe insistir; mas, queria que a senhora falasse mais sobre a importância do do Trabalho mediúnico.
- Filho, todo trabalho trabalhado na hora certa, forma uma corrente inquebrantada. Foi respeitando os horários que consegui contar 108 Horários de meu trabalho: amor, tolerância e humildade. O mundo inteiro- ou todos os homens do mundo- não conseguem o que sete homens na força cabalística podem fazer.
17- Tia, se todos os Iniciados tem este Grande poder no Trabalho cabalístico, porque tantas disputa, inveja e vibrações negativas de um jaguar sobre o outro?
- Quando o Homem aprender a trabalhar harmoniosamente, deixará de enganar a si mesmo sentindo-se injustiçado ou aguardando a compaixão sem justiça; a inveja e o ciúme são frutos da insegurança , o recalque é o sentimento dos que não tem capacidade de assimilar os seus conflitos. Cada criatura recebe de acordo com o que merece!
18-Tia, que cuidados, que regras, deve o jaguar observar para se manter equilibrado opara a missão?
- Meu filho, nenhum Homem pode ser feliz se estiver rodeado de vibrações e discórdias. Não te preocupes, preocupe em preservar a saúde e esta preserva com a conduta doutrinária.
19- Tia, O que posso entender, de forma clara e simples, por conduta doutrinária?
- Ser honesto em todos os sentidos. Não se esqueça de que, por mais escondido que esteja, sua sombra poderá ser vista
20- Tia, o que o médium do Vale do Amanhecer deve evitar ou observar no que se diz respeito de seu equilíbrio ou à sua conduta doutrinária?
- É preciso saber que aqui temos um roteiro de nossas vidas. Filhos, ensinei a vocês o conhecimento que temos uma bagagem quando em nossas passagens aqui na Terra, bagagem esta que não lhes dá o direito de errar em seus caminhos espirituais. Sinto dizer a você que não é tão fácil uma conduta doutrinária sem erros. Sempre lhes falei que a conduta doutrinária é o caminho para a sua Hierarquia Transcendental! Filho, mente calma, significa personalidade e segurança; o pensamente incessantemente vigilante para não perder o equilíbrio.
21-Tia, que conselhos úteis saem de seu coração, para nós, neste momento?
- Seja confiante, emane sua força doutrinária para que seja completa a sua doutrina.
Procure confortar os infelizes, os incompreendidos mesmo que estes estejam contra você.
Seja prático e não se afaste das metas racionais. Procure amara a vida em todos os seus ângulos.Procure prolongar a sua existência.
Busque incessantemente as coisas duradouras.
Nunca te deixes confundir entre cultura e sabedoria.
Sejas tu mesmo a acender o teu
Sol Interior.
Desperta, filho, para a verdade superior.
Busque dentro de ti mesmo a luz da compreensão, sabendo constantemente assimilar a dor.
Publicada por Cristiano Patrício
Etiquetas: Tia Neiva

Resultado de imagem para valedo amanhecer simbolos



Nenhum comentário:

Postar um comentário